Warning: getimagesize(/home/psh1020/public_html/https://encrypted-tbn3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcQXW2HfxhKdNywF3w82RucLdyD6cCJdk9Tl2vLyq41Bk5ODXJYHXg) [function.getimagesize]: failed to open stream: No such file or directory in /home/psh1020/public_html/plugins/content/social2s/social2s.php on line 1568
0
0
0
s2sdefault

Com a quarta-feira de cinzas se inicia a quaresma, que são os quarenta dias que antecedem ao domingo de ramos e a semana santa.  A cinza para nós é nada mais do que a sobra de algo que foi queimado, mas que tem um rico e lindo significado para nós.   A cinza que se usa na quarta-feira de cinzas é a da queima dos ramos bentos no domingo de ramos.

Essa cinza nos lembra inicialmente a nossa origem, que fomos feitos do pó da terra (Adão) e que um dia pó voltaremos a ser. O nosso corpo é pó e a nossa alma nos foi dada por Deus. A  cinza também nos lembra o quanto somos pequenos e humildes perante a grandeza de Deus. Históricamente, quando um grande rei reconhecia os seus erros, fazia penitência vestindo-se com sacos e sentando sobre as cinzas.

Nesse perído somos convidados a fazer penitência, reconhecendo as nossas fraquezas e reconciliando-nos com Deus. Nos meios de comunicação vemos muitas notícias sobre pessoas que procuram modificar o seu corpo através de cirurgias plásticas, lipo-aspiração, alongamento das pernas, implante de silicone... em busca de beleza exterior extrema. Não adianta alcançar beleza exterior se não há beleza inteior, a que vem do coração que busca o amor a Deus e aos irmãos.

Como beleza interior se entende aqui a paz, o amor, a união, famílias estruturadas que vivem de acordo com a doutrina cristã, um mundo justo, fraterno e igualitário para todos, justa administração.... enquanto que houver cobiça, ganância, guerras, traições, injustiças..., não conseguiremos alcançar uma beleza mundial interior plena.

Mas continuemos a nos esforçar, lembrando esses quarenta dias que Jesus passou jejuando e rezando no deserto, para também conseguir-mos alcançar a verdadeira felicidade que se encontra seguindo os passos do nosso mestre e salvador, Jesus Cristo.

SANTA HEDVIGES, ROGAI POR NÓS.

Pe. Marcos André Hartmann.